SMAP, Hibari Misora, Hikaru Utada e Kyu Sakamoto: As músicas que mais influenciaram o Japão

0 Comments


Nesta segunda, muito além de acompanhar as apresentações no MUSIC STATION. Foi hora de se reconhecer, merecidamente, muitos artistas e músicas que marcaram e marcam até hoje a música pop japonesa.

O programa organizou um top 100 das músicas mais influentes do Japão. Aqui citarei algumas.

I LOVE YOU, do Yutaka Ozaki, ficou com a 13º música mais influente do Japão. Ii Hi Tabidachi, da Momoe Yamaguchi, em 11º. Makenaide, do ZARD, em 9º.

The Beatles, que teve um grande sucesso no Japão, figura em um 7º lugar, com LET IT BE.

As indispensáveis Kawa no Nagare no You ni, da Misora Hibari e Ue wo Muite Arukou (Sukiyaki) do Kyu Sakamoto, ficaram respectivamente como a 6ª e a 2ª música mais influente.

Kampai, do Tsuyoshi Nagabuchi, ficou com a 68ª música mais influente. Akai Sweet Pea, da Seiko Matsuda, em 44º de 100 lugares.

Nas clássicas do Pop Japonês, aparecem também: 'evolution', da Ayumi Hamasaki, que apareceu em 78º. 'CAN YOU CELEBRATE', da Namie Amuro em 19º, 'Arigatou' do Ikimono Gakari em 33º, 'Kiseki', do Greeeen em 30º e 'Sakurazaka', do Masaharu Fukuyama em 15º.

Kyary Pamyu Pamyu ficou em 18º com Tsukema Tsukeru. EXILE ficou em 23º com 'Rising Sun', X JAPAN com 'Kurenai' em 28º e 'Polyrhythm', do Perfume apareceu em 43º.

BABYMETAL levou o 65º lugar com Gimme Chocolate. Sandaime J Soul Brothers também apareceu com um 17º lugar com seu hit 'R.Y.U.S.E.I.'.

A banda Mr. Children apareceu em 45º lugar com 'innocent world'.

Nos idol groups: 'A.RA.SHI', do Arashi, ficou em 10º. 'Love Machine', do Morning Musume em 12º.  'Koisuru Fortune Cookie', do AKB48, em 8º e 'Sekai ni Hitotsu Dake no Hana', do SMAP em 1º. (O grupo SMAP recentemente anunciou sua dissolução.)

Hikaru Utada por sua vez, ficou em terceiro lugar com Automatic.

Este ranking revelou como que, ao passar dos anos novos artistas, novas músicas e estilos vão surgindo, ao mesmo tempo que as músicas que marcaram a música pop do Japão décadas atrás jamais serão esquecidas.

0 comentários:

Siga @naodeixeojpopmorrer