Great Teacher Onizuka: Um professor que conquistou todos à sua volta

0 Comments


Recentemente esse título foi lançado como mangá aqui no Brasil e já era bem conhecido por quem viu o anime ou no meu caso, pra quem viu o dorama. Existem duas versões do GTO Live-action e como não vi a segunda versão eu vou me resumir à primeira.

Esse dorama é de 1998, que pra época foi um sucesso incontestável, beirando aos 30 pontos de audiência; Isso num país onde a audiência é bem equilibrada e o último episódio teve 35 pontos de média.

O Eikichi Onizuka que dá nome à série é um delinquente em uma moto que por acaso vai parar em uma escola secundária e é admitido para trabalhar como professor. Pela sua fama e também pela sua personalidade forte, ele se torna muito questionado por seus colegas de trabalho e seus alunos.
Ele acaba se encarregando de uma classe bem difícil de lidar, mas não foge da responsabilidade e assume o desafio. Ele começa a conhecer seus alunos e lida com assuntos dos mais diversos e que atingem muitos adolescentes, como a aceitação dos colegas, a amizade, o bullying, o namoro, problemas em casa e etc.

Cada episódio mostra os problemas cada aluno fora do ambiente escolar e aí nós sentimos empatia por cada pessoa, frente aos seus problemas.

Onizuka que no começo era uma pessoa muito rechaçada dentro do colégio, começa a ganhar a admiração dos alunos e acaba lhes dando verdadeiras lições de vida, sempre do modo mais intenso possível.

Acaba que mesmo com seu jeito peculiar
ele acabou conquistando todos à sua volta, mesmo os que ainda tinham alguma desconfiança dele. Ou até mesmo quem estava tentando acabar com ele. viu que não era qualquer um. Interessante que o protagonista Takashi Sorimachi, que fez o Onizuka-sensei, está casado até hoje com a Nanako Matsushima, que foi sua colega de cena, a professora de inglês Fuyutsuki.

É um dos doramas onde podemos ver o ator Shun Oguri ainda garoto, uns 7 anos antes de Hanadan. E fazendo algumas contas, no ano que vem, serão 20 anos do primeiro live-action de GTO.

Recomendadissímo, como sempre. É um daqueles que você deve assistir com toda a certeza.

0 comentários:

Siga @naodeixeojpopmorrer