Taiyou no Uta: Uma garota que sonhava em ser cantora profissional

0 Comments


Já se passaram 11 anos da exibição do primeiro episódio de Taiyou no Uta pela TBS, a Tokyo Broadcasting System. Foi o primeiro dorama que acompanhei enquanto estava passando no Japão. Sempre quando tem essas postagens de "Faz 5 anos", "Faz 10 anos" nem parece que se passou esse tempo...

É um momento da teledramaturgia japonesa onde os grandes dramas vividos pelos protagonistas são destaque, com finais tristes (ou simplesmente emocionantes) e que rendem mais até que um litro de lágrimas. Lembro perfeitamente que assisti este depois do Ichi Rittoru no Namida e o Sekai no Chuushin de Ai wo Sakebu, ambos já bem conhecidos no Brasil. Por isso achei Taiyou no Uta tão interessante. Tinha a atriz principal de um e o ator principal do outro! Pessoal já tinha legendado e tudo o mais.

Bem, a história se concentra na Amane Kaoru (Erika Sawajiri) que tem uma doença incurável chamada Xeroderma Pigmentosum (Onde a pessoa não consegue reverter as agressões das radiações solares na pele). Devido a esta condição, ela não sai à luz do dia.

Amane Kaoru tem um sonho: Cantar profissionalmente. Mas para isso, se apresenta em uma praça à noite. (É assim afinal o começo da maioria dos artistas, nas chamadas street lives) Seus pais tem um  restaurante, no qual ela também trabalha. 

Ao decorrer da trama, começa a se sentir diferente pois é obrigada a usar uma roupa de proteção contra radiações. Para animá-la, Fujishiro Kouji (Takayuki Yamada), rapaz com o qual ela começa a se apaixonar, convence ela a ir para a rua com a tal roupa depois que vê todos os seus amigos vestidos da mesma forma, sem que ela se sinta diferente.

Se apaixonando por Kouji e envolvida em um triângulo amoroso com Asami (Nao Matsushita), Kaoru pensa que Kouji não é sério o suficiente para um relacionamento.

Asami passa por um dilema na carreira. Apesar de ser uma cantora profissional e conhecida, ela se sente pressionada a compor novas músicas e não se sente feliz com o momento. Busca apoio em Kouji, que não sente mais nada por ela.

E a cada episódio, Kouji tem a certeza de que seria Kaoru a mulher escolhida. Ao montarem uma banda, ambos se aproximam e realizam seus sonhos. Kouji volta a tocar sua guitarra e Kaoru canta com toda a vontade possível. Eles sabem que já não resta muito tempo e a doença dela piora a cada instante.

Mesmo que não tenha visto, Kaoru acaba realizando seu sonho de ser uma cantora profissional e tem seu CD vendido nas lojas.

Taiyou no Uta vale a pena pela história que se passa entre um ambiente escolar, passa um pouco pelo mundo da música, alguns dramas vividos pelos personagens e também a trilha sonora, cantada pela Nao Matsushita...


Erika Sawajiri...


e Ko Shibasaki! =D


Fica a recomendação. É daqueles doramas que você não deve deixar passar!

0 comentários:

Siga @naodeixeojpopmorrer