SPYAIR no BRASIL: Show da turnê mundial é anunciado para outubro!


Sempre que vem uma notícia dessas fico muito feliz! A SPYAIR foi anunciada para fazer um show aqui no Burajiru - e como já não fosse bom, melhorou ainda mais - com direito a um show de abertura do ROOKiEZ is PUNK'D (que sim, já veio fazer um show por aqui em Recife, no Super Convenção do ano passado!)

A SPYAIR forneceu temas para diversos animes, como Gintama, Bleach e Haikyuu!!, além do mecha Mobile Suit Gundam.

SPYAIR WORLD TOUR 2018 - Brasil
Realização: Maru Division
Data: 14 de Outubro de 2018
Local: Audio (Av. Francisco Matarazzo, 694 - Barra Funda - São Paulo - SP CEP: 05001-000 ¨Próximo ao Metrô Barra Funda¨)
Horários: 15h30 (abertura dos portões) - 17h00 (Show de Abertura: Rookiez is Punk’d) - 18h30
(SPYAIR) - 20h30 (MEET&GREET)

Os ingressos estão a venda. Para maiores informações e comprar seu ingresso, acesse este site: http://spyair.marudivision.com.br/

Maiores informações sobre o meet, também no site acima.

As melhores músicas da miwa e da Leo Ieiri no Spotify!

Pesquisando no Spotify, soube de duas coisas muito legais: A primeira é que a miwa finalmente lançou o seu álbum de hits por lá, o que inclui...  chAnge, uma das praticamente obrigatórias dela! É um dos temas de BLEACH e agora está lá, tal como Kataomoi, Hikari E, entre outras!


Já a segunda novidade é que, como vocês já sabem, a Leo já tinha disponibilizado o best dela, entretanto, não todos os álbuns que ela lançou durante esses 6 anos de carreira. Isso agora mudou e você pode tanto conferir o álbum debut quanto o mais recente!


Só fico triste, pois recentemente a SCANDAL retirou todos os álbuns de lá, o que é uma pena. Lembram da YUI, que noticiei aqui? Também infelizmente não está no Spot. =(

Enquanto isso, nos rankings de singles da ORICON (Arashi e Tohoshinki)

Vamos fingir um pouco de surpresa, pois a boyband Arashi segue defendendo a sua marca e em mais um lançamento, tem o primeiro lugar com quase meio milhão de cópias vendidas (470.780) do seu single "Natsu Hayate", que foi lançado no dia 25 de julho, semana passada.

O curioso é que o segundo lugar é do Tohoshinki, que fez e faz muito sucesso nas terras nipônicas. Dessa vez, "Road" garantiu quase 90 mil cópias vendidas (86.458) para o agora duo sul-coreano Tohoshinki.

Os números acima são correspondentes às vendas dos dias 23 a 29 de julho.

Já nesta semana, quarta dia 1º, destaque para o 'Humano cósmico' do Hey!Say!JUMP (COSMIC☆HUMAN) que tal como os colegas do Arashi, garantiu também um primeiro lugar na ORICON nas paradas dos singles.

Afinal o que é AKB48? Fatos, curiosidades e alguns hits do grupo

2018, um reality surge. Mesclando idols coreanas e japonesas, faz sucesso e deixa muitos fãs curiosos. Afinal, quem é o AKB48? De onde elas vieram? Isso e tudo mais nesta postagem =P

O AKB48 é uma idol group de Akihabara, que surgiu em 2005 e começou em uma pequena apresentação no dia 8 de dezembro.

O primeiro single lançado foi Sakura no Hanabiratachi, no dia 1º de fevereiro de 2006;

Algumas das principais integrantes que surgiram nessa época foram a Atsuko Maeda, Minami Takahashi, Mariko Shinoda, Minami Minegishi, Haruna Kojima e Tomomi Itano.

Seu clipe mais famoso, Koisuru Fortune Cookie, foi lançado há 5 anos e teve quase 150 milhões de visualizações.

Anualmente é realizada uma eleição geral (Senbatsu Sousenkyou), onde as integrantes mais populares são reconhecidas e a mais votada se torna a center [1] do próximo single, além de ser considerada a queen do grupo. A atual é a Jurina Matsui.

Existe também a Janken Tournament. É literalmente uma disputa de Jankenpo entre as integrantes;

Center [1] É a integrante que como o próprio nome diz, estará no centro da formação do AKB48 no novo single, sendo colocada como a de maior destaque.

Ultimamente, muitas 'graduações' mexeram com o grupo. Graduação tem um sentido parecido com o da universidade, onde há o fechamento de um ciclo e a despedida do grupo. Geralmente músicas são produzidas com o intuito de marcar a graduação de alguma integrante, como Kyou Made no Melody, para Yuko Oshima;

Atualmente existem vários times no AKB48: A, K, B, 4, 8, SH(China), além das Kenkyusei (Trainees do grupo).

Existem grupos irmãos do AKB48, onde nomes de locais deram origem aos nomes: Sakae em Nagoya deu origem a SKE48. Namba em Osaka, NMB48, Hakata em Fukuoka, HKT48.

Com um conceito de idols que você pode conhecer, é possível adquirir um ticket e participar de um handshake event (literalmente evento de aperto de mão) e conhecer mesmo que por alguns segundos, a sua integrante favorita.

Se você é fã de idol groups, então você é um wota. Oshimen é a sua integrante favorita. Se a Sakura Miyawaki é sua integrante favorita, então ela é a sua oshimen.

Oshi são os fãs e portanto se você é fã da Acchan (Atsuko Maeda) você é um Acchan-oshi.

Mas existem casos em que é impossível apenas gostar de uma integrante. Se você gosta de várias das integrantes, você é um Daredemo Daisuki (DD), gosta de muitas integrantes do grupo.

Mas se você gosta de todas as integrantes, Minna Daisuki (MD).

O AKB48 sempre é reconhecido pelo número de integrantes. Esqueça todos os grupos que você conhecer, da Coreia ou do Japão. Esqueça EXO, Girls' Generation, EXILE, E-girls. O AKB48 foi reconhecido pelo Guinness World Records como o maior grupo musical do mundo, naquele momento com 88 integrantes  Bom frisar, naquele momento.

Mas voltando, para animar, é muito comum e não só nas apresentações do AKB48 (Programas de TV japonesa tem direto isso) esses famosos penlights, os bastões luminosos.


Sim, já tivemos uma ex-integrante do AKB48 no Brasil.

Um grande momento do AKB48 aconteceu com Yuko Oshima e Atsuko Maeda sempre revezando nas eleições gerais, o Senbatsu Sousenkyou.. Uma hora era a Yuko, outra a Acchan.

Um segundo momento chegou com a Rino Sashihara e a Mayu Watanabe, que também alternaram posições até a graduação da Mayu.

Hoje, Jurina Matsui (atual eleita pelo público como a rainha do AKB) e Sakura Miyawaki.

Agora, 5 hinos do AKB48 que certamente você não pode perder.

Nem tinha como deixar de fora Koisuru Fortune Cookie. Até quem nem gostava do grupo passou a gostar dele depois dessa música animada que pede para deixar os problemas para lá. É considerado um dos maiores hits do Japão, nem só do grupo em si.


RIVER, Heavy Rotation e Beginner são colocados como os primeiros singles que fizeram sucesso do grupo. É 'normal' elas ultrapassarem 1 milhão de cópias por single vendido. 


Para finalizar, UZA, um single mais agitado e tal.


Se vocês gostarem desse post, vai ter talvez uma parte 2, quem sabe? Por favor compartilhem com os amigos, colegas, alguém que esteja assistindo Produce48 e está querendo saber mais do grupo, etc;

E é isso aí, até a próxima!

Anime Friends 2018: Muito J-POP, Tokusatsu, Animes, Mangás...

Julho? J-POP? Sim, chegou a hora do Anime Friends. Depois de um ano com ASIAN KUNG-FU GENERATION e o já histórico show do Do As Infinity, não era pra menos: Expectativas altas.



MANDOU BEM NO PORTUGUÊS
Se as expectativas já estavam altas desde o anúncio do ORESKABAND (Durante o Ressaca Friends e postado aqui) então com as novas atrações confirmadas, muitos já estavam a espera do AF, apenas contando os dias.

Após o jogo do Brasil, veio o show da Yumi Matsuzawa. Lembram que no especial de Cavaleiros do Zodíaco, ela e a Larissa Tassi fizeram uma colaboração? Desta vez a Yumi arriscou e... Not bad. Parabéns à Yumi que cantou Chikyuugi em português.


MYTH & ROID
No ano passado tivemos o DAI (um dos shows mais aguardados dos últimos 10 anos), então o que falar do MYTH & ROID que chegou com STYX HELIX e HYDRA?


MISAKI AYAME, MUITOS DORAMAS
Menções a uma atriz de Doramas que chegou aqui no Brasil, muito simpática. Além do consagrado Shingeki no Kyojin, bom ressaltar outros trabalhos dela como Juui Dolittle, Watashi ga Renai Dekinai Riyuu e Nigeru Onna.


IDOLS!
E claro, Deadlift Lolita. O duo composto por LADY BEARD e Reika Saiki animaram os auditórios do AF. O LADY BEARD já era um rosto bem conhecido pelos fãs de LADYBABY (que depois da saída dele, as duas idols passaram a se apresentar literalmente como "The Idol Formerly Known as LADYBABY")


ULTRAMAN
O evento também contou com uma exposição de ULTRAMAN que meu amigo, foi bem bacana. Saudações à toda a comunidade que divulga o Tokusatsu no Brasil.


MAIS FILMES JAPONESES NO BRASIL
E lá recebi um poster do Tokyo Ghoul (Masataka Kubota), filme que cheguei a noticiar por aqui e quem diria, mais um filme do Japão chegando ao Brasil. Muito bom, continuem assim!


JÁ SÃO BRASILEIROS
SNOWKEL mandaram bem em mais uma apresentação. A terceira vez no país. Cantaram três vezes no país, já podem se considerar brasileiros? Bem, a banda mandou ver com a camisa da seleção brasileira os temas de Gintama e o de Naruto (Kiseki e Namikaze Satellite)


JITENSHA, JITENSHA!
As garotas do ORESKABAND anunciaram sua nova integrante e ela foi recebida com muito carinho e louvor pelos espectadores. ORESKA inclusive fez apresentação no AF, Hanabi Matsuri, AF de novo... Também podem se considerar brasileiras! =)


A CONCLUSÃO?
Na boa, se você gosta de J-POP esse ano foi um prato cheio. Teve música, doramas, idols, tokusatsu, filmes, mangás e como o próprio nome diz... Animes?


x
Uma publicação compartilhada por Não deixe o JPOP Morrer (@naodeixeojpopmorrer) em


Uma publicação compartilhada por Não deixe o JPOP Morrer (@naodeixeojpopmorrer) em

Uma publicação compartilhada por Não deixe o JPOP Morrer (@naodeixeojpopmorrer) em

Uma publicação compartilhada por Não deixe o JPOP Morrer (@naodeixeojpopmorrer) em

Uma publicação compartilhada por Não deixe o JPOP Morrer (@naodeixeojpopmorrer) em

Uma publicação compartilhada por Não deixe o JPOP Morrer (@naodeixeojpopmorrer) em

Uma publicação compartilhada por Não deixe o JPOP Morrer (@naodeixeojpopmorrer) em

#DEADLIFTLOLITA #AnimeFriends #photo #JPOP #nandemonoanimefriends #Leo

Uma publicação compartilhada por Não deixe o JPOP Morrer (@naodeixeojpopmorrer) em


---

Foi o quinto ano de cobertura do AF. Muito contente de ver tantos artistas que achei que só seria possível ver no Japão. Dividir com vocês essa expectativa de como será o show, poder contar os detalhes depois. Fico muito feliz de ter tido tantos feedbacks, neste que está sendo o 5º ano da Nandemo. Mais feliz ainda por vocês acompanharem a página.

Peço muitas e muitas desculpas a todos que estavam acostumados pelo ritmo frenético de publicações que se tinha antes, sendo que de alguns meses para cá, as publicações praticamente foram a zero.

Agradeço a todas as pessoas que me ajudaram, me estenderam a mão, acreditaram neste projeto.

Agradeço a todas as produtoras que deram a oportunidade de mostrar um pouco como foram os shows, os eventos. Produtoras que são feitas de gente. Gente que ganha seu pão através dos eventos, que me ajudaram a poder fazer uma melhor cobertura para vocês.

Obrigado por preencherem um pouco do vazio que existia na minha vida. Falar de uma paixão pessoal passou de hobby a quase profissão, onde eu não media esforços para poder fazer da melhor forma possível.

Obrigado a todos que sacrificaram horas e horas neste projeto. Acredito que nada disso foi em vão.

Infelizmente não pude falar dos lançamentos, como o novo álbum da Hikaru Utada. Nem dos vários lançamentos dos Johnnys. Nem AKB, nem BABYMETAL, nem Kyary, nem SCANDAL.

Foi muito bonito todo esse período.

Hoje, muitos já lidam com a realidade do streaming. Quando comecei a gostar de música japonesa mesmo, nada disso existia. Falar de artistas no Brasil era uma utopia. Internet Banda Larga era uma coisa para poucos. Sinceramente, que bom que tudo hoje está mais acessível. Que bom que hoje é possível ver filmes japoneses nos cinemas. Que bom que os artistas estão vindo cada vez mais para cá. Que bom que mais artistas frequentemente estão lançando suas músicas no Apple Music ou no Spotify.

Feliz pela cultura pop japonesa estar tão valorizada por estas bandas. E vamos que vamos.

Jurina Matsui ganha o Senbatsu Sousenkyou e será a center do 53º single do AKB48


E hoje, ocorreu o tradicional Senbatsu Sousenkyou... Jurina Matsui levou a primeira colocação com 194.453 votos. Seguiram na segunda colocação a Akari Suda com 154 mil votos e a Sakura Miyawaki fechou o pódio com 141 mil votos.

Com isso, na décima edição, o Senbatsu Sousenkyou ganhou uma nova rainha. Até então, Atsuko Maeda, Yuko Oshima, Mayu Watanabe e Rino Sashihara haviam ganho. Jurina será center do 53º single. O mais recente, 'Teacher Teacher', foi lançado no mês passado.

Yuka Ogino, Nana Okada, Yui Yokoyama, Tomu Muto, Mina Oba, Nako Yabuki e Miku Tanaka fecham o top 10.

Jurina teve um momento de mal-estar durante o concerto que antecede a eleição. Algumas colegas perceberam o mal-estar dela, que precisou ser amparada e deixou o palco aos prantos.  Era um momento de grande expectativa para a Jurina, com a definição do Senbatsu Sousenkyou, além de estar envolvida no reality Produce 48. O final não poderia ser melhor para ela, que acabou assim como está nessa imagem: Feliz da vida.

Hana Yori Dango Final: E assim Doumyouji e Makino viveram felizes para sempre?


Junho. Mês de? Hana Yori Dango Final! Há quase 10 anos,  no dia 28 de junho, o filme que veio para selar o fim da saga de Doumyouji e Tsukushi chegou às telonas dos cinemas. 

Depois de todo o sofrimento de Hana Yori Dango 1 e a diversão de Hana Yori Dango 2, todos esperavam por um fim que pudesse ser à altura da série que marcou os anos 2000.

Desta vez, Tsukushi e Doumyouji são postos à prova: No roubo da tiara, considerado o amuleto da família Doumyouji, os dois (além do restante do F4) se mexem para conseguir recuperar o objeto tão valioso e vão até Las Vegas em busca da pessoa que mandou roubar - e lógico tentar recuperar - a tiara para finalmente, quem sabe - os dois conseguirem se casar.

O relacionamento dos dois é colocado à prova constantemente - inclusive vão parar em uma ilha deserta - onde finalmente tem a certeza de que querem ficar juntos "mesmo que se passem centenas de anos", como diz a música One Love, que é trilha do filme.

No fundo tudo não passava de uma grande armação e o objetivo era ver se Tsukasa e Tsukushi continuariam juntos mesmo depois de tantos problemas. O grande ápice é quando Rui celebra o casamento deles e finalmente, aquela cena de beijo e assim "viveram felizes para sempre" - O que na verdade em muitos doramas da década passada não era tão comum.

É uma história que se descola das duas temporadas e lógico - tem o intuito de falar: "Olha, é o fim da saga entre Makino e Doumyouji".

Até por isso, o filme teve muito mais movimento. Tiveram brigas, choros, raiva, desilusão e tudo isso em praticamente 2 horas. Tudo no filme foi bem intendo.

Tanto Hana Yori Dango marcou como fenômeno cultural e até mesmo - sendo sinônimo de dorama japonês nos anos 2000, que hoje temos o Hana Nochi Hare, que é a sequência dessa história. inclusive os temas da continuação são de? Hikaru Utada e King & Prince, que é a nova aposta de grupos da Johnny's; A Hikki foi a responsável por Flavor of Life da segunda temporada de Hanadan. 

Ou seja, parece que a memória de Hanadan ainda está bem fresca - e - dificilmente sairá da lista dos doramas prediletos da maioria das pessoas que viram. Seja porque foi um grande dorama - que marcou o sucesso dos doramas japoneses no Brasil junto com Um Litro de Lágrimas - e também porque tinha personagens cativantes, caso do F4 e a Tsukushi.

Shoplifters ganha Palma de Ouro em Cannes, do mesmo cineasta de Nossa Irmã mais Nova e Depois da Tempestade


Hirokazu Kore-Eda não é um nome novo aqui na Nandemo. Alguns filmes do cineasta já foram exibidos no Brasil e já ressaltei a sensibilidade demonstrada em muitos dos seus filmes, que retratam as relações pessoais no cotidiano.

Por exemplo, aqui já foram exibidos Nossa Irmã mais nova (com Suzu Hirose, Ayase Haruka e Masami Nagasawa), Depois da Tempestade (Abe Hiroshi), Pais e Filhos (Fukuyama Masaharu) e o mais recente é o Terceiro Assassinato, em exibição nos cinemas, também com o Fukuyama.



Seu novo filme 'Shoplifters' ganhou a palma de ouro no Festival de Cannes, o principal da mostra. O filme fala sobre uma família pobre que comete furtos. Um dia, o pai e o filho encontram uma menina sozinha na rua e a família decide abrigá-la. No elenco, estão Lily Franky, Sakura Ando, Kengo Kora, Sosuke Ikematsu, Chizuru Ikewaki, Yuki Yamada, Yoko Moriguchi, e Akira Emoto. O trailer pode ser visto logo abaixo.

 

Kis-My-Ft2 lançará um novo single em novembro!

O 21º single do grupo já tem data para lançamento - Segundo a gravadora, o single L.O.V.E chegará no dia 11 de novembro. A música título é tema de um comercial da Kowa.

O single chega em três versões e a b-side que virá na edição limitada A e B será a 'Because I Love You'.


Recentemente, vídeos dos Johnny's finalmente chegaram de forma oficial ao YouTube, quebrando aquela máxima de que os únicos que ainda não tinham disponibilizado PV's no site de vídeos eram justamente eles.

Agora não mais. Kisumai e V6 já podem ser vistos no canal da avex, que é a gravadora da qual pertencem. Tudo bem que muitos PVs não estão na sua versão completa, mas é já um avanço e tanto. Vamos torcer para que isso chegue para mais artistas da agência no futuro.

Last Friends: Um dorama que marcou época e quebrou paradigmas


10 de abril de 2008. Foi quando um dos doramas mais impactantes na televisão japonesa teve sua estreia. Last Friends virou tema até de jornal daqui devido a sua importância e os temas abordados na série.

Traumas vividos na infância, homossexualidade, identidade de gênero e violência doméstica sendo tratados na mesma série. Não, essa série não é deste ano. Bem que podia, mas é de 10 anos atrás.

E foi esse o impacto que fez Last Friends da Fuji Television, com um elenco de peso. Masami Nagasawa, de Proposal Daisakusen; Ueno Juri, Asami Mizukawa e Eita de Nodame Cantabile; Nishikido Ryo de Um Litro de Lágrimas.

Se os doramas dos quais este elenco era referência já eram bons, imagina o que veio em Last Friends.

Tudo foi abordado de um ponto de vista mais sensível, explorando os medos e as dores vividas por cada personagem. Às vezes, uma violência física. E moral, psicológica.

Os 'últimos amigos' assim descritos vivem situações do dia-a-dia. Portanto não espere algo como Itazura na Kiss ou Hana Yori Dango. 

As quebras de paradigmas chegam com a personagem principal, que pratica motocross. Alta velocidade, adrenalina... Ruka está em um esporte em que majoritariamente teriam competidores masculinos, mas ela não se abate. 

Takeru passou por um trauma em sua infância e é mal-compreendido. Vê em Ruka uma pessoa em que ele pode confiar.

Cansamos de ver mulheres protagonistas no passado com o cabelo comprido, e aqui Ruka está de cabelo curto. Não curte também tanto aquelas roupas delicadas. 

E não, não temos um casal homem-mulher. Ou quase isso? Teríamos um triângulo amoroso? Ruka ama Michiru (Masami Nagasawa) mas Takeru ama Ruka?

Não, também não é um dorama escolar. Não é de investigação. Não é dorama médico. Seria mais... vida real?

Não espere o convencional em Last Friends. O dorama é bem emocionante e realmente desafia a vida real. Bem quando Michiru sofre agressões de Sousuke (Nishikido Ryo), que vão aumentando progressivamente até que ela passa a não aguentar mais o relacionamento abusivo, o comportamento violento do namorado.

'Last Friends' também mostra a visão de fora. Daqueles que acolhem alguém vítima de violência doméstica. Daqueles que veem o sofrimento de quem passa por discriminação.

O destaque é mesmo a aflição vivida por cada personagem. Vendo de fora, parece tudo bem, mas só parece mesmo. Choro, emoção, brigas e conversas que refletem os anseios, as fraquezas de cada um.

Você tava acostumado com a sorridente Nodame de Nodame Cantabile? Então acho que você vai se impressionar com a atuação da Ueno Juri em Last Friends, porque meu amigo, é de se tirar o chapéu. Ruka é uma pessoa que tenta ser feliz, mas passa por muitas coisas na vida e mantém um sorriso amarelo. A Ruka passa por muitas emoções, desde socorrer Michiru depois de ser agredida pelo namorado até as conversas felizes com Takeru (que considera apenas um amigo). E conseguimos notar uma naturalidade muito grande da Ueno em interpretar a personagem. Não é a toa, é uma das maiores atrizes japonesas. Depois dessa atuação da Ueno, ela se tornou uma das minhas atrizes favoritas, junto da Yui Aragaki e da Haruka Ayase. (Aliás, qual seu top 3 de atrizes do Nippon?)

Outra observação, é que já presenciei algumas pessoas que viram este dorama e passaram não só a odiar o personagem do Nishikido Ryo, mas até o próprio ator, pela violência das ações do seu personagem. 

Bem, recomendo ver o dorama. 

É justamente pelo fato de não ser um dorama convencional é que se torna interessante vê-lo. O dorama faz com que possamos ao menos, entender o que as pessoas sentem ao passarem por preconceito, agressão, insegurança, julgamento, os olhares alheios. Traz uma visão mais humana das coisas. Uma visão mais humana e tolerante. Fora o elenco, que na minha humilde opinião dispensa todo e qualquer tipo de comentário; E a música tema, Prisoner of Love, em alusão à fita vermelha que entrelaçam todos os personagens na abertura da série. Que sacada boa essa, hein. E a música é da Hikaru Utada, que também dispensa comentários.

E você, você que está lendo? Gostou? Não gostou? O que achou de Last Friends? Expresse sua opinião!

Sim, a YUI chegou ao Spotify! (Atualizado: Não mais.)


Bom, meio improvável, mas ao pesquisar sobre algumas cantoras aqui no Spotify, notei a capa de um dos discos da YUI e... Sim, ela chegou ao Spotify. Com nenhum álbum, só com uma música: Again. tema de Fullmetal Alchemist Brotherhood.

Será que em breve teremos a discografia dela no Spotify? Cenas dos próximos capítulos. Mas como sempre digo, é um bom sinal.



Como podem perceber, a faixa não está mais disponível. Infelizmente, já que é uma ótima cantora e adoraria poder escutar via Spotify. Caso semelhante ocorre com a SCANDAL, que não está mais disponibilizando (para nossa tristeza) seus álbuns. =(

#VoltaYUI #VoltaSCANDAL

Sim, os maiores sucessos da Hitomi Shimatani estão no Spotify!

Uma surpresa agradável no Spotify! A diva Hitomi Shimatani chegou ao serviço de streaming de músicas! Quem diria hein? E lá estão músicas muito consagradas, como a cover 'Amairo no Kame no Otome', originalmente cantada pelo Village Singers. Destaque para Perseus, Haru Machibito, Jewel of Kiss, Papillon, Camellia, PASIO, Genki wo Dashite e Tsuyoku~Love Letter!

Além, é claro, a música tema da sexta temporada de InuYasha, 'Angelus'! 


Vale ressaltar que não são poucas as cantoras que desembarcaram no Spotify ultimamente: Ayumi, Koda, Hikki, Ai Otsuka, BoA, Leo Ieiri e por aí vai.

Siga @naodeixeojpopmorrer